Festival começa com homenagem a José Wilker e abertura da mostra competitiva de longas brasileiros

Noticias Festival De Cinema 09 Agosto / 2014 Sabado por Gramadosite

O 42º Festival de Cinema de Gramado começou movimentado dentro e fora do Palácio dos Festivais. O filme de abertura foi “Isolados”, de Tomás Portella, que passou pelo tapete com os atores Bruno Gagliasso e Regiane Alves e equipe. O longa marca a última participação do ator José Wilker no cinema.

“É uma pena não ter José Wilker hoje com a gente”, lamentou Portella, “mas pelo menos o eternizamos de alguma forma com este filme”. O diretor, que celebrou o fato de ter seu filme apresentado em um lugar onde tantos nomes e produções do cinema brasileiro se consagraram também trabalhou com Mariana Vielmond, filha de Wilker, que é roteirista do longa. Mariana, junto com até então esposa do ator Cláudia Montenegro, receberam uma placa do Festival em forma de agradecimento a Wilker, que durante anos foi apresentador do evento e, nos dois últimos anos, atuou como curador ao lado de Marcos Santuario e Rubens Ewald Filho.

O segundo filme da noite foi “A Despedida”, de Marcelo Galvão, abrindo a mostra competitiva de longas brasileiros. Além de Galvão, Nelson Xavier, Juliana Paes e equipe passaram pelo tapete vermelho e também apresentaram o filme.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes