As redes sociais, algorítmos e laços

Economiaenegocios Artigos 14 Março / 2012 Quarta-feira por Georges Le Brun De Vielmond

Algorítmo e rede social
Qualquer rede social é lançada depois de ser definido um objetivo, (declarado e oculto) padrões de desempenho e uma sequência de ações que deve levar à solução do problema criado pelas restrições iniciais (objetivo e padrões de desempenho). Esse é o esquema clássico, a nosso conhecimento, nem sempre segue o que é clássico. O motivo é simples, qualquer algoritmo, em particular quando aplicado a redes, é sujeito a retro-alimentação contínua para ajustes aos objetivos e padrões de desempenho. Relembrar que qualquer planejamento só dá certo no papel (Clausewitz). Convém acrescentar que as redes, salvo exceções, têm padrões de desempenho financeiro e estratégias de manipulação dos participantes cujas informações são convertidas em retorno monetário. Não é porque a rede Facebook presta um Serviço Social que atinge o valor de quase um bilhão na bolsa, mas porque vende um produto (informações dos associados).

Laços fortes e fracos
Os laços de uma rede são definidos, a princípio, pelo seu algorítmo (objetivos e padrões de desempenho). Laços fortes decorrem de poucas características idênticas dos participantes (por exemplo, redes profissionais). Essas redes são menores, porém sua atuação é mais pontual. As redes de laços fracos, como Facebook, levam mais tempo a retornar resultados confiáveis, tanto em quantidade como em qualidade. Já as redes social-profissionais, como Linkedin, que em parte são gratuitas (ver Serviço Premium - pago), oferecem acesso mais rápido e efetivo às informações pesquisadas.

Pessoalmente, orientamos duas redes privativas formadas por pessoas conhecidas. Em área de consultoria empresarial, sugere-se a formação de redes privativas, de laços fortes, abrangendo os ambientes interno e externo nos quais se movem as organizações. O retorno mais do que compensa para ficar em dia não só com o presente, mas com uma visão, mesmo incerta, do futuro. A dificuldade menor consiste em montar as redes. A sua manutenção, entretanto, é o ponto crucial do sistema, que não só detecta problemas, mas ajuda a resolvê-los e, o mais importante, a previni-los.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes