Corretora renomada faz previsões para 2012 no Feng Shui Index

Economiaenegocios Notícias 25 Janeiro / 2012 Quarta-feira por Gramadosite

Termo de origem chinesa usado na decoração para criar ambientes harmoniosos, o Feng Shui também serve para orientar boa parte da população asiática nos negócios e na bolsa de valores.

Uma respeitada corretora sediada em Hong Kong e presente em 14 países, a CLSA Asia-Pacific Markets, pertencente a dois bancos franceses, acaba de publicar um relatório com previsões econômicas para 2012, baseadas no ano do dragão. O documento já está em sua 18ª edição e se chama Feng Shui Index.

O consultor de negócios internacionais com foco no extremo oriente, Elias Antunes, que já viajou para a região mais de 200 vezes e morou 12 anos no Japão, explica que os asiáticos levam a sério essa superstição e frequentemente se baseiam nela para direcionar seus investimentos e não são apenas empresários.

"Não é só grandes fortunas. As donas de casa, as chinesas, são altamente poupadoras, todas investem. Professores, empresários, estudantes, comerciantes todos eles certamente investem e eles leêm tudo, o chinês é um pesquisador nato. E para formar uma conclusão, eles se baseiam nestas e em outras previsões", afirma Elias.

Para o economista [hotsite:deciopizzato:Décio Pizzato] e diretor da Associação Brasileira dos Analistas do Mercado de Capitais é possível fazer um paralelo entre os chineses apostadores que usam o Feng Shui Index e os investidores americanos que se consultam com jogadores de pôquer.

"Nós estamos vivendo um momento em que as pessoas querem uma solução mágica. Os americanos buscam um jogador de pôquer para ser operador do mercado de ações, com o argumento que eles têm um raciocínio extremamente rápido. Mas na essência, pra mim, ele é um jogador. No caso chinês, existe a superstição fantástica; o chinês é extremamente jogador. Então, unir essa necessidade de jogar e o investimento, os caras criam sob o manto de uma magia, o nome Feng Shui."

Para quem não sabe, Feng significa vento e Shui, água. Baseando-se nos elementos da natureza em um período positivo regido pelo dragão que simboliza para os chineses a ousadia, coragem e o poder, o relatório da Corretora CLSA prevê um bom ano para os setores do turismo e mobiliário de construção e transporte. O Índice adianta que este início de ano será difícil para os mercados financeiros, que devem retomar o fôlego a partir de agosto, assim como um dragão que sai das profundezas da água, diz o texto.

"Você vê que há uma inteligência financeira atrás disso. Eu mexo muito com essa área financeira de negócios no mundo e nós sabemos que a entrada do ano de 2012 não está sendo muito promissora. O caso desta crise, o problema do Euro, não precisa ser especialista em Feng Shui, ele sabe que não é bom prever grandes coisas para este primeiro meio ano. Mas a gente espera que no segundo semestre a Europe terá melhorado, certamente. Ela não vai poder deixar a coisa degringolar", encerra Antunes.

Clique aqui para saber mais sobre o Feng Shui Index
Para ouvir a entrevista, clique aqui.
Para ler o artigo O ano do dragão, de Décio Pizzato, clique aqui.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes