Aneel determina reajuste tarifário anual da Rio Grande Energia

Economiaenegocios Notícias 20 Junho / 2014 Sexta-feira por Gramadosite

A partir desta quinta-feira, 19 de junho, entrou em vigor o reajuste das tarifas de energia elétrica para clientes da Rio Grande Energia (RGE). O reajuste homologado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) foi de 21,82%, sendo 18,83% relativos ao Reajuste Econômico e 2,99% correspondente aos Componentes Financeiros.


O efeito médio total a ser percebido pelos consumidores será de 22,77%. Para consumidores residenciais de baixa tensão (B1), a revisão homologou um reajuste de 23,08% na tarifa atualmente praticada. Já para clientes pessoa jurídica de baixa tensão (abaixo de 2,3 kV), o aumento será em média de 23,06%. Por fim, para os consumidores classificados como de alta tensão (de 2,3 a 230 kV), o impacto será de 22,34%.


O aumento do custo da energia existente e nova, em função do acionamento das térmicas e do reajuste dos contratos de compra pela inflação, e a variação do custo de repasse de Itaipu foram os itens que mais influenciaram o aumento das tarifas da distribuidora. O mix de compra de energia da RGE aumentou 28,12% e contribuiu com 16,08 pontos percentuais para o impacto tarifário.


O destaque foi o preço dos contratos por disponibilidade de energia velha, que passou do valor médio de R$ 99,77 por MWh para R$ 426,28/MWh. Já os contratos de energia nova evoluiram de R$ 206,00/MWh em média para 241,00/MWh. O peso da energia sem impostos na tarifa da empresa é de 61,7%.


O Reajuste Tarifário Anual é homologado e entra em vigor sempre no dia 19 de junho para a RGE.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes