Governador debate novo modelo de pedágios em Gramado

Economiaenegocios Notícias 04 Maio / 2013 Sabado por Gramadosite

Gramado e municípios vizinhos debatem, na próxima segunda-feira (06/05), o novo modelo de pedágios do Rio Grande do Sul. Aberto ao público, o evento terá a participação do governador Tarso Genro, autoridades, lideranças e comunidade em geral, para o debate sobre o novo sistema que será implantado no Estado após o término dos atuais contratos de concessão. A atividade é promovida pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES-RS), o Conselhão, que tem como integrante a empresária gramadense Marta Rossi. A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) é parceira da atividade, que ocorrerá no Centro de Eventos da Faurgs - Auditório Van Gogh (Rua São Pedro, 663), a partir das 14h30, e será coordenada pelo secretário-executivo do Conselhão, Marcelo Danéris.

É o quinto encontro da série “Diálogos CDES-RS – Novo Modelo de Pedágios”, com o objetivo de reunir contribuições das comunidades para a definição do novo sistema. Já sediaram o evento os municípios de Carazinho, Encantado, Caxias do Sul e Santa Cruz do Sul, com grande presença de público nas atividades para expor expectativas e demandas regionais sobre o tema. O objetivo das atividades do Conselhão é apresentar a proposta do governo estadual e debater como devem ser geridas as estradas, reunir críticas e avaliações dos usuários para definir o funcionamento do novo modelo, a partir de critérios técnicos, políticos e democráticos.


Tarifas menores
A Brita Rodovias detém sob sua responsabilidade o total de 142,37 quilômetros, distribuídos em sete trechos, compreendendo os municípios de Taquara, Igrejinha, Três Coroas, Gramado, Nova Petrópolis, Canela, São Francisco de Paula, com tarifa de R$ 7,90. Estão situadas nas RSs 115 (Três Coroas) e 235 (trecho de Gramado e São Francisco de Paula).

A EGR é a estatal criada para administrar as estradas com pedágios pertencentes ao Estado do Rio Grande do Sul. “Esses debates com as comunidades são essenciais para apresentarmos o novo modelo de pedagiamento no Estado e ainda iniciarmos a discussão em torno de um plano de investimentos da EGR nas rodovias”, afirma o presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias, Luiz Carlos Bertotto.

Até o presente momento, a EGR administra as três praças de pedágio comunitárias: Portão, Coxilha e Campo Bom. A empresa assumirá as 11 praças de pedágio que se encontram concedidas à iniciativa privada, passando a administrar 820 quilômetros de rodovias. Nestes trechos, as tarifas deverão ser 25% menores para veículos e de 30 a 42% para caminhões.


Conselhão manifestou-se contra renovação dos contratos
Durante o ano de 2011, o CDES-RS, por meio da Câmara Temática Pedágios, debateu detalhadamente o tema e apresentou sugestões ao governo do Estado. Entre as recomendações, estão a não renovação dos contratos atuais, a adoção de modelos adaptados a cada caso, mecanismos de transparência e fiscalização permanente, além de contratação de estudo, apresentado em dezembro pela pelo Consórcio Dynatest-SD Consultoria e Engenharia Ltda. O estudo também foi entregue pelo Governo ao Ministério dos Transportes.

De acordo com estudo realizado, as estradas pedagiadas do Rio Grande do Sul poderiam ter tarifas menores em pelo menos 20% e apresentar melhor estado. Aponta ainda que 30% dos trechos necessitam de reparos imediatos; 53% necessitam de investimentos entre três e cinco anos e 8% do pavimento não tem vida útil e precisam ser refeitos.


Abaixo-assinado
A coleta de assinaturas pelo fim imediato das concessões de pedágio continua sendo feita na internet com acesso pelo site www.cdes.rs.gov.br ou diretamente no www.peticaopublica.com.br/?pi=P2013N37246 .

A petição continuará aberta até a definição do julgamento do Supremo Tribunal de Justiça dos recursos impetrados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, que argumenta que os contratos terminam a partir da assinatura e não do início de cobrança nas estradas. Além da versão digital, um grande número de assinaturas vem sendo entregue em listas oriundas de várias regiões do Estado.


Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes