Natal é vida que nasce...

Cultura Artigos 20 Dezembro / 2016 Terca-feira por Gramadosite

É o ar que respiramos nestes dias. A sensação é de esperança e vida pelo fato inédito da história da humanidade em que o Deus Altíssimo, não somente nos visita, mas estabeleceu morada entre nós, assumindo feições humanas, com a colaboração da meiga e doce Virgem Maria na qual foi gerado de modo totalmente inédito o Filho Unigênito de Deus.

Esse mistério de amor continua vivo, atual e presente. A vida nasce e se qualifica todos os dias. O Cristo continua buscando morada em nossos corações. Podemos, sim, cantar que somos seu presépio e a nossa casa é Belém. É justo e conveniente vivenciarmos essa piedosa e feliz expectativa natalina do “Deus que vem”.

Desde dia 17 deste, viemos cantando as belíssimas antífonas latinas que começam com a exclamação de desejo “Ó!”: Ó Sabedoria, Ó Adonai, Ó Raiz de Jessé, Ó Chave de Davi, Ó Oriente, Ó Rei das Nações, Ó Emanuel, palavras das antigas profecias bíblicas, referentes ao Salvador cujo nascimento celebramos no Natal. Por causa dessas antífonas da expectação, o povo deu a Maria o título de Nossa Senhora do Ó.
Essa linguagem desperta em nós uma sensação de esperança e alegria, certos que algo novo pode acontecer desde que nos deixemos envolver pelo verdadeiro espírito natalino, que não vem das coisas, dos presentes que se dão, mas dos sentimentos que brotam dos corações que se deixam iluminar pela Palavra que se faz gente como a gente, trazendo a salvação que a humanidade anseia.

Vem Senhor Jesus, o mundo precisa de ti, da tua luz, bondade, misericórdia e paz que somente Tu, Senhor, podes dar-nos.

Toda a magia do Natal aparece na singela narração de Lc 2,1ss: Enquanto Maria e José foram registrar-se em Belém por ocasião do recenseamento, completaram-se os dias para o parto e Maria deu a luz o seu filho primogênito e o reclinou numa manjedoura, pois não havia lugar para eles na hospedaria. Um anjo apareceu aos pastores e a glória do Senhor os envolveu. E o anjo disse: não tenham medo, eis que vos anuncio uma grande alegria, que será para todo povo: nasceu-vos hoje um Salvador, que é o Cristo Senhor!
Deixemo-nos contagiar por essa vida que nasce qual rio d’agua viva, que faz brotar a esperança, fecundando a terra de frutos, flores e ervas enfeitando as paisagens e enchendo nossos olhos de alegria e paz.

Feliz Natal!
Dom Jaime Pedro Kohl – Bispo de Osório

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes