Jornal ECO

Cultura Variedades 27 Abril / 2017 Quinta-feira por Juarez José Cognato

A situação política atual é preocupante. Quando os bons não se empenham, vencem os maus. Não me lembro quem disse isto, mas me ocorre toda vez que alguém diz que não partido, que odeia política e que todos os políticos são ladrões. Muitos querem suprimir o Congresso ou limitar sua importância como se fosse possível democracia sem ele. O Congresso representa o povo e a palavra “democracia”, oriunda do grego, significa “governo de todos para todos”. Sem ele teríamos uma tirania que daria pitacos até na cor das cuecas e calcinhas, ditar condutas, proibir opinião, censurar a imprensa e queimar livros em praça pública como os nazistas. Portanto, devagar com o andor que o santo tem pés de barro e os oportunistas e demagogos estão aí para ocupar o poder que deve ser do povo. Uma nação se faz com livros e homens de boa vontade. Por enquanto não somos ainda uma nação. É preciso educar as gerações vindouras para que prezem a democracia. O voto é a única arma que dispomos para aperfeiçoá-la. Urge aprender a votar senão os “lulas e dilmas” continuarão se elegendo.



Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes