O mercado sabe

Economiaenegocios Artigos 13 Novembro / 2012 Terca-feira por Décio Baptista Pizzato

Também expliquei que é uma empresa de economia mista com ações e recibos representativos negociados na Bovespa e na Bolsa de Nova Iorque. Suas ações representam 10,7% do total do Índice Bovespa. Suas altas ou baixas se refletem no índice diário. O mercado percebeu o que está acontecendo com a empresa e o resultado veio a se refletir nas cotações diárias dos negócios realizados na Bovespa. Tanto que neste dia 12 de novembro de 2012, a cotação da ação mais negociada estava em R$ 20,50 e dizer que já havia chegado a R$ 50,00, cada ação. Reduziu-se a 40% do valor anterior.

Analise feita pelo jornal Brasil Econômico mostra que a Ambev poderá, se continuar suas cotações em altas e a Petrobrás em queda, tornar a empresa de maior valor de mercado na Bovespa. Os cálculos efetuados estimam que poderá a Ambev em 5 de julho de 2013 chegar ao valor de R$ 220,60 bilhões e na mesma data a Petrobrás chegaria valendo R$ 220,40 bilhões. A liderança passaria para a empresa de bebidas, que em 2007 tinha seu valor de mercado em R$ 78,8 bilhões, neste ano ultrapassou a a Vale, uma das maiores mineradoras do mundo. A cotação das ações da Ambev nesta segunda 12 de novembro estava em torno de R$ 81,02.

O que aconteceu com estas duas empresas?
Com relação a Petrobrás o mercado diz que houve uma "venezualização" da empresa no período de 2003 à 2011, razão do título do artigo já citado, Pintaram e bordaram. A queda e tudo o que veio a público fez com que as ações caíssem de preço. Caindo de preço o valor de mercado da empresa cai na mesma proporção.

Já com relação a Ambev o que acontece é sua expansão e aumento do consumo pois é líder no ranking de cervejas na América Latina, com Antarctica, Brahma, Bohemia, Skol, Original, Polar, Quilmes e Stella Artois.

Para os que ainda lembram, as antigas cervejarias Brahma, Polar e Antarctica eram boas pagadoras de dividendos. E, nestes tempos de baixos ganhos com investimentos em renda fixa, fundos, CDBs etc., a garantia de bons dividendos sempre será melhor aplicação. Também a Souza Cruz é outra empresa boa pagadora de dividendos. O que faz com que haja poucos negócios com estas ações, em razão dos que as possuem não vendem. Afinal o preço da ação está em alta e paga bons dividendos. Aliás, são recomendações dos analistas.

O mercado se ajusta e encontra seus espaços aos momentos em que vivemos, mesmo sabendo que a inflação é maior do que a divulgada e as forçadas baixas taxas de juros não são reais. Tudo já dito de forma clara em artigos como A banca ganha, A Dívida Pública Federal e Os desvios do futuro, todos deste ano.

Falei várias vezes na palavra Mercado, e creio de quem lê e não atua neste ramo, fica com a pergunta - O que é o mercado?

O mercado é a melhor tradução do conceito de psicologia analítica criado pelo psiquiatra suíço Carl Gustav Jung, com a denominação do termo Inconsciente Coletivo. Para Jung "Uma camada mais ou menos superficial do inconsciente é pessoal. Nós a denominamos, inconsciente pessoal. Este porém repousa sobre uma camada mais profunda, que já não tem sua origem em experiências ou aquisições pessoais, sendo inata. Esta camada mais profunda é o que chamamos inconsciente coletivo."

Assim a soma de conhecimentos e percepções sobre o que está acontecendo com a economia do país toma forma única de pensar e agir. Esta soma, este pensamento, o inconsciente coletivo, busca preservar o seu patrimônio e fazer a melhor escolha para os seus bens.

Como vêem, o mercado sabe.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes