VidaBR desenvolve pulseira porta álcool gel

Estilo Saúde 03 Julho / 2020 Sexta-feira por Gramadosite

Feita de silicone, o produto é extra macio e flexível. Além disso, é de fácil utilização. Basta encaixar os pinos dentro dos orifícios, de modo que fique confortável. Depois com uma seringa é preciso apenas injetar o álcool em gel dentro da abertura e pronto. Está pronta para ser usada.

A novidade chegou com a função de tornar a vida das pessoas mais práticas e segura, principalmente, neste momento de pandemia. Ela é capaz de armazenar até 8ml de álcool em gel, mas também pode ser utilizada para outras finalidades como porta-protetor solar, repelentes, loções hidratantes e luvas químicas. O importante é sempre deixar as mãos e peles limpas e protegidas ao longo do dia.

“Nosso intuito é trazer maior facilidade, simplicidade e segurança para a vida das pessoas, sem esquecer de envolver nesse processo o desenvolvimento sustentável”, conclui Rafael Studart, CEO da VidaBR.

Além das pulseiras, a VidaBR possui camisetas produzidas com 50% de tecido PET reciclado, duas vezes mais resistente e não precisa passar ferro; e 50% em algodão orgânico. Além de proporcionar maior resistência e maciez, possuem o efeito fotossíntese, ou seja, as cores das estampas (árvore, lâmpada, cacto etc.) aparecem na luz solar; máscaras mais sustentáveis, produzidas com uma camada 50% PET, outra 50% de algodão orgânico e mais uma de TNT, garantindo assim, mais segurança; e totens de PVC para álcool gel, com acionamento via pedal.

Valor aproximado: R$ 39,80 (vidabr.com.br)



**************************************************************************************

Sobre a VidaBR



Baseada no conceito Slow Fashion marca une tecnologia, sustentabilidade e causas sociais

VidaBR nasceu a partir de uma campanha social para ajudar sertanejos nordestinos e quer ser reconhecida como a empresa que mais se destaca em ações sociais e ambientais
Em 2012, o estado do Ceará passava pela maior seca dos últimos 50 anos, trazendo dor, sofrimento e fome para a população mais pobre do sertão da pequena Milhã, a 300 quilômetros de Fortaleza, capital do Estado.

E foi nesse cenário, pensando em amenizar o sofrimento de seus moradores, que o publicitário Rafael Studart criou a campanha Vida na Seca, que consistia em uma camiseta temática, cujo lucro foi destinado para ajudar os sertanejos. Em um mês foram vendidas 500 camisetas, que resultaram em 16 mil litros de água potável e três toneladas de alimentos distribuídos para 220 pessoas.

As camisetas VidaBR são produzidas com 50% de tecido PET reciclado, duas vezes mais resistente e não precisa passar ferro; e 50% em algodão orgânico. Além de proporcionar maior resistência e maciez, possuem o efeito fotossíntese, ou seja, as cores das estampas (árvore, lâmpada, cacto etc.) aparecem na luz solar.

“Mostrar o resultado final deu credibilidade à ação”, lembra Studart. “Mostramos todo o passo a passo, desde a confecção do primeiro lote de camisetas até a entrega dos alimentos. Foi importante porque as pessoas que colaboraram viram os frutos da ajuda delas”.

O resultado da campanha foi tão inspirador que mudou completamente os rumos da carreira profissional de Studart, que deixou seu emprego em uma agência de publicidade para investir em seu novo negócio.

E começaria a nascer a VidaBR, marca de vestuário sustentável, que traz em seu DNA a garra e força do sertanejo nordestino, cuja missão é a de ser reconhecida como a empresa que mais se destaca em ações sociais e ambientais, como o projeto Jornada Sustentável que, junto ao Beach Park, retirou mais de 10 toneladas de lixo da praia.

“Muito mais que vender camisetas ou outros produtos, propomos às pessoas que vistam uma causa”, comenta Studart.

Trabalhando no conceito Slow Fashion – que preza pela diversidade e sustentabilidade em todo o processo de produção e criação, a inspiração para criar as peças vem dos elementos regionais como galhos secos, sol, terra, vida etc. Dentro deste conceito, moda é apenas um detalhe, “nossa proposta é criar estampas atemporais e lançar aos poucos”, diz.

Para este ano, além da produção de camisetas, a VidaBR também está apostando em novos projetos como a produção de máscaras, mais sustentáveis, produzidas com uma camada 50% PET, outra 50% de algodão orgânico e mais uma de TNT, garantindo assim, mais segurança; e totens de PVC para álcool gel, com acionamento via pedal.

Com quase um milhão de seguidores no Facebook, a VidaBR conquistou o certificado de Site Sustentável porque contribui para neutralizar a emissão de gases nocivos ao meio ambiente como CO2, fazendo replantio de árvores na Mata Atlântica.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes